O Poder da Jabuticaba

O Poder da Jabuticaba

Você sabia que a jabuticaba é uma das frutas do mês, de acordo com a sazonalidade?

Além dela o mês e a época são ótimos para o consumo das seguintes frutas: abacaxi, acerola, banana-nanica, banana-prata, caju, manga, coco-verde, laranja-lima, laranja-pera, maçã, mamão, nêspera e tangerina. Além das verduras: alho-poró, aleirão, brócolis, catalonha, cebolinha, chicória, coentro, couve-flor, erva-doce, espinafre, folha de uva, hortelã, mostarda e orégano. E os legumes: abóbora, abobrinha, alcachofra, aspargos, batata-doce, berinjela, beterraba, cenoura, cogumelo, ervilha, fava, inhame, pepino, pimentão, rabanete e tomate.

Hoje falaremos da Jabuticaba e seus benefícios, mas ao longo desse e dos próximos meses, falaremos mais sobre esse universo de benefícios e sabores que são as FLVs e a melhor época para vocês as consumirem.

A jabuticaba (Myrciaria cauliflora) é uma fruta tipicamente brasileira usada tanto para fins medicinais como culinários. Utilizada no preparo de licor, vinagre, vinho, também possui grande valor nutricional, além de conter fibras, vitaminas, flavonóides, alto teor de carboidratos e sais minerais como cálcio, fósforo e ferro.

Nas cascas dos frutos da jabuticaba são encontradas as antocianinas e na polpa, estão presentes ferro, fósforo, vitamina C e niacina. O consumo de antocioaninas na dieta proporciona efeito protetor contra danos hepáticos, degradação do colágeno e gástrico, aumentando também o desempenho cognitivo. Os frutos auxiliam no combate contra as rugas, reduzem a produção de histamina e melhora a circulação sanguínea periférica. Além do que, o elevado teor de fibras aliado ao seu poder antioxidante pode levar a diminuição de colesterol plasmático nos indivíduos.

As cascas e folhas da jabuticaba são usadas como propriedades adstringentes e o decocto (líquido restante após o cozimento) é utilizado popularmente em irritações de pele e diarreia. Relatos da literatura mostram que, na medicina caseira o “chá da casca” é útil no tratamento anginas e disenterias, e o chá da entrecasca do fruto é designado ao tratamento de asma.

Ainda, as propriedades do fruto atuam na prevenção da peroxidação lipídica, poder na proteção vascular, anticâncer, anti-hepatotóxica, antiaterosclerótica, antibacteriana. O extrato das folhas apresentou atividade antimicrobiana contra bactérias formadoras do biofilme dental. Em outro estudo, o extrato das folhas e do caule também apresentou atividade antifúngica.

Abaixo estará descrita uma receita para auxiliar na inclusão da jabuticaba na dieta, além claro da fruta in natura.

BOLO DE JABUTICABA

Ingredientes

2 xícaras (chá) de jabuticaba inteiras

1 xícara (chá) de óleo

3 unidades de ovo

1 xícara (chá) de açúcar mascavo

2 xícaras (chá) de farinha de trigo

1 colher (sopa) de fermento químico em pó

Modo de preparo

Unte e enfarinhe uma forma média de buraco no meio e reserve.

Preaqueça o forno a 180°C.

Bata no liquidificador as jabuticabas inteiras (com caroço e cascas), os ovos, o óleo e o açúcar. Deixe bater por aproximadamente três minutos, até virar um creme.

Em uma tigela, misture a farinha e o fermento e acrescente o creme de jabuticabas. Misture bem até ficar uma massa homogênea.

Despeje a massa na forma untada e leve pra assar por aproximadamente 45 minutos.

 

A foto é uma reprodução do Correio de Minas e o texto da nutricionista da URI-FW, Josiane Marcon

Fotos


Comentários